Arquivo de etiquetas: polifonia

Condicionais

Eu poderia fazer os mais indefesos gestos de amor. Eu poderia dizer: o cachecol dos meus sonhos são seus cachos em encontro nada casual na noite da cama. Eu poderia dizer: o frio da minha pele anseia a manta da sua. … Continuar a ler

Publicado em Ingenuidades, Poesia | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Insônia

A mim me bastava Nessa hora avançada Um céu de brigadeiro antigo (Talvez bem estrelado) E alguma poesia. O resto, juro, se resolvia.

Publicado em Escritos, Ingenuidades, Poesia | Etiquetas , , , | 1 Comentário

Dom da Invisibilidade em versão download

Deixo disponível para download o pequeno romance Dom da Invisibilidade, em arquivo PDF, bem mais adequado a leitura do que aqui no blog e, a algum afeito a lides sinestésicas, também fácil de imprimir. Atendo assim a alguns amigos que … Continuar a ler

Publicado em Escritos, O Dom da Invisibilidade | Etiquetas , , , , , , | Publicar um comentário

Orquídea

O assustador efêmero de tuas flores após tão larga gestação é o que afinal te salva.

Publicado em Escritos, Poesia | Etiquetas , , | Publicar um comentário

Sonho

o que é de sua natureza Continuar a ler

Publicado em Escritos | Etiquetas , | Publicar um comentário

Jazigo

Jazigo Lá se foi a paz da morte A mãe a sul, o pai a norte O irmão xereta na outra gaveta O avô no ossário, o cinzeiro da tia: Saiu do calvário É a mesma agonia

Publicado em Escritos, Ingenuidades, Poesia | Etiquetas , , | Publicar um comentário

Classe média

Todo dezembro eles pintam a casa da mesma cor que no ano passado mas dizem orgulhosos que dessa vez se encontrou o tom perfeito. A cada três anos castram cuidadosamente o quintal em busca da réstia de sol que ficara … Continuar a ler

Publicado em Escritos, Poesia | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário